Últimas Notícias

img1

Dois envolvidos no tiroteio em Bom Jesus do Sul se apresentam a polícia

 


Dois envolvidos que estavam foragidos no tiroteio que acabou com quatro pessoas mortas na última terça-feira (15) em Bom Jesus do Sul se apresentaram a polícia nesta quinta-feira (17).

O agricultor Francisco (Chico) Bini e seu genro Paulo Faé se apresentaram a autoridade policial acompanhados de advogado. Eles alegaram legítima defesa na ação. Francisco seria um dos litigantes da terra e estava trabalhando no local acompanhado de Paulo, seu filho Rafael Bini e o agricultor Acelino Soares de Souza. Esses dois últimos, mortos na troca de tiros.

Conforme é possível ver nos vídeos da ação que circulam nas redes sociais, o primeiro disparo foi feito por Cláudio Silvestre que também acabou morto no confronto. Além dele, sua esposa Janaina Camara Silvestre também faleceu no local.

Segundo o delegado de polícia Emerson Ferreira, que cuida do caso, em entrevista a RPC, a versão apresentada vem a corroborar com as imagens analisadas. “Seu Francisco confessa que teria realizado a maior parte dos disparos por ver alguém atirando em seu filho. E também o outro investigado (genro) confessou que também teria atirado no Claudio em decorrência dele estar atirando no Rafael (filho do agricultor)", disse o delegado.

No depoimento os investigados disseram ainda que Janaína atirou contra o agricultor Acelino e Paulo, ao ver a injusta agressão, disparou contra ela.

Os dois não foram presos, pois passou o período de flagrante delito (48 horas) e os mesmos estão colaborando com a justiça, além de não terem histórico criminal.

A Polícia Civil aguarda a perícia balística para identificar de que armas saíram os disparos. Mais de 30 tiros foram disparados no confronto.

Créditos: Portal da Cidade - Via e103.fm

https://beltrao.portaldacidade.com/noticias/policial/dois-foragidos-de-tiroteio-em-bom-jesus-do-sul-se-apresentam-a-policia-5951

https://e103.fm/noticia.php?id=16237



Postar um comentário

0 Comentários