Últimas Notícias

Greve de caminhoneiros já provoca falta de gás


Além da falta de combustível, o terceiro dia de greve dos caminhoneiros, em todo o Brasil, já começa a comprometer outros setores em Campo Mourão. Algumas distribuidoras de gás informaram que o estoque já está chegando ao fim. “A partir de amanhã é provável que já não tenhamos mais gás de cozinha para atender nossos clientes”, disse Patrícia Alves da Silva, gerente administrativa da Liqui Alves.
Segundo ela, entregas em cidades da região já foram interrompidas hoje. Os caminhões da empresa estão estacionados no pátio. “No momento só estamos atendendo os consumidores de Campo Mourão, que compram por unidade”, conta Patricia.
A greve dos caminhoneiros, conforme explica ela, impede que o gás que sai de Araucária chegue a Cascavel, de onde é repassado a Campo Mourão. “Assim como os caminhões que saem de Araucária não conseguem chegar a Cascavel, nós também não podemos trazer o gás de Cascavel por causa dos bloqueios”, revela.
Um outro distribuidor de gás de Campo Mourão enfrenta o mesmo problema. O produto nem está saindo mais de Araucária para não ficar parado nos bloqueios. “No meu caso, o gás sai de Araucária, passa por Ivaiporã e chega a Campo Mourão, mas agora está tudo parado. Se a greve continuar por mais alguns dias vamos ficar sem estoque”, disse o responsável pela empresa, que não quis se identificar.
O botijão de gás de 13 kg varia entre R$ 70,00 e R$ 78,00 em Campo Mourão. Restaurantes da cidade também estão preocupados com a falta de gás. “A gente gasta um botijão por dia no restaurante, por isso não tem como manter muita reserva. Se a greve não terminar logo vamos ter problemas”, lamenta a responsável por um restaurante da área central.

Fonte: Ta Sabendo

Postar um comentário

0 Comentários