Últimas Notícias

Caminhadas na Natureza geraram mais de R$ 150 mil aos produtores



O projeto das Caminhadas Internacionais na Natureza garantiu bons resultados na região de Campo Mourão em 2017, tanto do ponto de vista de criar maior interação entre o meio urbano e o rural, quanto de garantir renda para os agricultores familiares. Em doze edições realizadas durante o ano, o evento reuniu em torno de 6 mil pessoas e resultou em renda bruta superior a R$ 150 mil aos produtores, que aproveitaram a oportunidade para apresentar e comercializar seus produtos no café colonial e almoço aos visitantes, além da venda na feirinha de artesanato, flores panificios e outros.

No domingo, o Instituto Emater de Campo Mourão e prefeitura promoveram a última edição de 2017, com o “3º Circuito das Gabirobas” em Roncador. O percurso foi de 12 km e a aglomeração inicial no salão paroquial São Pedro, a partir das 07h15, com café da manhã (opcional) a R$ 10,00. No Encerramento houve almoço (opcional) a R$ 20,00. Toda a renda obtida foi revertida para o Lar dos Idosos Cantinho Feliz de Roncador. “A caminhada em Roncador contou também com a adesão de um grupo de ciclistas. Por ser já a terceira edição, houve a participação de mais de 200 pessoas”, conta o coordenador de projetos da Emater Clovis José Rosa.

As inscrições sempre são gratuitas e podem ser feitas pelo endereço eletrônico www.ecobooking.com.br . Durante o ano estavam programados 14 circuitos, mas o de Campina da Lagoa acabou cancelado por conta do mau tempo no início de novembro. “Para 2018 a meta é incluir mais três municípios nas caminhadas: Iretama, Janiópolis e Rancho Alegre do Oeste”, informou.

Segundo Clóvis, cerca de 70% a 80% dos participantes são moradores urbanos, que quase não têm contato com o meio rural. “A Caminhada na Natureza proporciona essa interação e pelo levantamento que fizemos, cada uma dessas pessoas gasta em torno de R$ 25 a R$ 26,00 a cada caminhada, garantindo boa renda aos agricultores familiares”, destaca Clóvis. O evento também proporciona ações de preservação ao meio ambiente. Na Caminhada realizada em Farol, no mês passado, foram plantadas mudas de árvores nativas nas comunidades Rio Riozinho / Vila Seca.

Nesta terça-feira (12), o Instituto Emater promove uma reunião entre os organizadores das caminhadas de toda a região em Farol, para uma avaliação do ano de 2017 e organizar os circuitos para 2018. Alguns prefeitos também foram convidados para participar. “O objetivo é avaliar os pontos negativos e melhorar para o ano que vem.”

Fonte- Clodoaldo Bonette- tribuna do interior- Campo Mourão.

Apoio- Área de comunicação eventos e marketing-unidade regional Emater de Campo Mourão.




Postar um comentário

0 Comentários