Últimas Notícias

Famílias de Roncador conhecem projeto de construção de 42 casas populares

Empreendimento, com investimentos estimados em R$ 2,8 milhões, foi apresentado a cerca de 300 pessoas inscritas na lista de pretendentes do município.



Mais de 300 pessoas de Roncador participaram nesta segunda-feira (3) de uma apresentação sobre um novo empreendimento com 42 novas casas populares que será construído em breve na cidade. O encontro foi organizado por técnicos da Companhia de Habitação do Paraná (Cohapar) e prefeitura, parceiros na viabilização das obras, cujo investimento é estimado em R$ 2,8 milhões em recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

As famílias foram cadastradas previamente pelos órgãos como pretendentes de futuros projetos habitacionais a serem implantados em Roncador. A seleção será feita pelos técnicos das áreas sociais da prefeitura e Cohapar com base em critérios socioeconômicos pré-estabelecidos pelos programas Minha Casa Minha Vida, do Governo Federal, e Morar Bem Paraná, do Governo do Estado.

Após a definição dos potenciais beneficiários, a documentação dos escolhidos será coletada pelos técnicos dos órgãos e enviada para a Caixa Econômica Federal para análise e liberação da assinatura dos contratos. O banco é responsável pela gestão dos recursos do FGTS aplicados em projetos habitacionais e o financiamento direto com os mutuários.

Custos reduzidos – Através do modelo de contratação da construtora via processo licitatório, que definiu a empresa Martins MA como responsável pelas obras pelo critério de menor preço, a Cohapar conseguiu reduzir os custos dos imóveis. A participação da Copel e da Sanepar no fornecimento dos materiais e instalação dos serviços de energia elétrica, água e esgoto também contribuíram para desonerar o valor das prestações a serem pagas pelas famílias.

De acordo com o coordenador regional da Cohapar em Campo Mourão, Ricardo Widerski, o projeto é trabalhado de forma integrada pelo poder público, em parceria com a iniciativa privada, com o intuito de facilitar a aquisição da casa própria pela população. “A orientação do governador Beto Richa e do presidente da companhia, Abelardo Lupion, é para que atuemos em todas as etapas dos projetos para ampliar os investimentos em habitação popular em todo o Paraná”, afirma Widerski.




Postar um comentário

0 Comentários