Últimas Notícias

Iretama - PR: Após tempestade de granizo, Governo do Estado reconhece situação de emergência.


O Governo do Paraná e Defesa Civil do Estado reconheceram a situação de emergência decretada pelo prefeito Same Saab (PSD), em decorrência de uma forte tempestade de granizo que atingiu comunidades rurais do município na noite do dia 7 deste mês. A medida é válida por 180 dias, ou seja, 6 meses. O decreto já foi publicado no Diário Oficial do Estado.


“Fica homologado o decreto municipal nº 129, de 15 de outubro de 2021, publicado pelo prefeito de Iretama, o qual declara situação de emergência nas áreas do município em face da ocorrência de tempestade local de granizo. Confirma-se, por intermédio deste decreto de homologação, que os atos oficiais de declaração de situação anormal estão de acordo com os critérios estabelecidos pelo Conselho Nacional de Proteção e Defesa Civil. Os órgãos do Sistema Estadual de Proteção e Defesa Civil ficam autorizados a prestar o apoio suplementar aos municípios afetados pelo desastre, mediante prévia articulação com a Coordenadoria Estadual de Defesa Civil”, diz decreto publicado pelo Governo do Paraná.


A tempestade de granizo foi bastante localizada. Atingiu moradores e deixou prejuízos nas comunidades rurais da Esplanda e Vila Rural Colina Verde Cidade Nova. O granizo caiu por volta das 21h30min. As pedras de gelo, do tamanho de bolas de pingue pongue destruíram telhados de residências e barracões de produtores do bicho da seda. Plantações também foram atingidas.


A Defesa Civil do município, funcionários do pátio de máquinas e o próprio prefeito Same Saab estiveram nas comunidades atingidas na manhã seguinte ao temporal para prestar assistências aos atingidos. No momento da chuva, havia alguns moradores jogando futebol em uma quadra sintética na Esplanda. Para se ter ideia da força do granizo, um veículo GM/Corsa teve o vidro traseiro quebrado pelas pedras de gelo. 


No mesmo dia houve queda de granizo também no Assentamento Luz, em Luiziana - PR, assustando moradores. Enormes pedras de gelo também caíram no local. A chuva durou cerca de dois minutos. Algumas residências sofreram perfurações no telhado. Porém os danos registrados foram de baixa intensidade.


Esta é a segunda vez que Same decreta situação de emergência por granizo em Iretama somente neste ano. No dia 22 de maio outra forte tempestade deixou estragos pela cidade. Mais de 200 residências foram atingidas. O município fez aquisição de telhas e distribuiu à população mais vulnerável atingida. “Casas com telhas de 4 milímetros o telhado virou uma peneira”, disse o prefeito na época. No mesmo dia o distrito de Piquirivaí também foi atingido pela tempestade. Várias casas foram destelhadas.


Emergência

O decreto de emergência agilizará a liberação de recursos por parte dos governos federal e estadual e permite também que sejam feitos contratos emergenciais a fim de suprir a demanda que precisará de serviços públicos urgentes e dispensa de licitação, caso necessário.


Fonte: Walter Pereira - Tribuna do Interior - www.tribunadoinerior.com.br

Matéria postada pelo Jornalista Claudinei Prado - MTPS 23.455/SP e IFJ 674 BR

Postar um comentário

0 Comentários