Últimas Notícias

Um homem que viveu para servir, morre professor Geraldo de Oliveira, vitima da Covid-19

Por Redação Tasabendo

Morreu na madrugada desta terça-feira, na UPA, em Campo Mourão - PR, vítima da covid-19, o professor Geraldo Oliveira, aos 85 anos. Em agosto de 2014, ele foi homenageado na Câmara de Vereadores, com o prêmio “Município Modelo”, pelos relevantes serviços prestados no atendimento a dependentes químicos, conseguindo libertar vários jovens do envolvimento com as drogas.


(c) - Foto - Divulgação

Oliveira lecionou em colégios da Igreja Adventista do 7º dia, em várias cidades do Estado. No ano de 1994 aposentou-se e envolveu com trabalhos na recuperação de dependentes químicos, em Campo Mourão.

Também foi diretor da Casa da Cultura na gestão do prefeito José Pochapski (1983/1988) e fundador e presidente da Associação Filantrópica de Assistência ao Jovem de Campo Mourão (Afaj), entidade que funcionou nas décadas de 1980 e 1990. Familiares dizem que ele viveu para servir intensamente.

Oliveira nasceu na cidade de Promissão (SP), em 4 de setembro de 1936. Órfão de mãe aos cinco anos de idade, foi criado pelo seu avô materno, José Cândido Gonçalves e aos 18 anos retornou com seus pais, Manoel José de Oliveira e segunda esposa Izaíde Ribeiro para então morar no Paraná. Ele morava em Campo Mourão há mais de 40 anos.

Fonte: Site Tá Sabendo - www.tasabendo.com.br

Matéria postada pelo jornalista Claudinei Prado - MTPS 23.455/SP e IFJ 674 BR

Postar um comentário

0 Comentários