Últimas Notícias

Melhores amigos: cão e gato adotados dormem de "mãos dadas"

(c) Foto - Divulgação

No mundo animal a rivalidade entre cães e gatos é mais comum do que a amizade. No entanto, na da casa da auxiliar administrativo, Joelma Zanelato Piola, de 42 anos, em Paranavaí - PR, dois moradores fogem a essa regra e, contrariando a qualquer instinto animal, são grandes amigos.

Eles são o cão Duke e o gato Cleverson, ambos animais abandonados que foram adotados por Joelma e sua família. A tutora conta que os dois são bem dóceis, não se desgrudam, brincam o dia inteiro, dormem juntos na cama com os filhos dela, às vezes até de mãos dadas (o gato e o cachorro), e demonstram muito carinho um pelo outro. Quando o gato era menor, inclusive era carregado pelo cão.

“O amor que damos para eles é que fez essa diferença. São bem amorosos um com o outro e com a gente”, conta Joelma.

O cão Duke foi encontrado há quase um ano, quando a família ainda estava muito triste pela perda de dois Pinschers, um foi furtado e o outro morreu atropelado. Em um belo dia, a filha de Joelma, escutou um choro em frente à empresa da família e encontrou o filhote Duke escondido embaixo de um palete.

“Eu sempre deixo um recipiente com água e ração em frente à empresa, para os cachorros dos vizinhos e os de rua comerem. E ele apareceu lá. Estava chorando e tinha muito medo. Eu fiquei muito triste quando meus Pinchers morreram e falo que esse cachorro foi mandado pra mim mesmo. Fui pegando amor e agora não fico sem”, explica.

(c) Foto - Divulgação

O gato Cleverson, por sua vez, batizado com este nome pelo filho da Joelma, Antônio Carlos Lima, de 14 anos, foi encontrado na oficina de um amigo da família. Como o homem tinha cachorros que não aceitavam felinos, Joelma acabou levando o peludo para a casa dela também.

“Eu levei para fazer um teste, porque tinha adotado o Duke há alguns dias, e já tinha outra cachorra, aí eles se deram bem e ficamos com o Cleverson. Eles viraram melhores amigos. São muito arteiros, junta o cachorro e o gato e fazem a festa”.

A família de Joelma mudou o destino dos dois animais que estavam abandonados e hoje eles são a alegria da casa dela. “Existem tantos animais abandonado, precisando de um lar, e muitas vezes, uma simples atitude nossa faz toda a diferença”, finalizou.

Fonte: Portal da cidade Paranavaí / Jornal Repórter do Vale - www.jornalreporterdovale.com

Matéria postada pelo jornalista Claudinei Prado - MTPS 23.455/SP e IFJ 674 BR

Postar um comentário

0 Comentários