Últimas Notícias

Nova ponte Brasil-Paraguai, em Foz, atinge 52% de execução

Andamento das obras na Ponte da Integração Brasil - Paraguai, entre Foz do Iguaçu e Presidente Franco - Foto: Geraldo Bubniak/AEN

A nova Ponte da Integração que ligará o Brasil ao Paraguai ultrapassou a metade da sua execução no mês de abril, com 52% da obra concluída. Construída sobre o Rio Paraná, a ponte ligará a cidade paraguaia de Presidente Franco a Foz do Iguaçu, no Oeste paranaense. O investimento da obra, realizado por meio da Itaipu Binacional, está previsto em R$ 323 milhões, dos quais foram gastos R$ 122,5 milhões (37,92% do total).

Segundo o boletim informativo publicado em abril pelo Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER/PR), a margem brasileira da ponte avançou na segunda etapa da construção da caixa de equilíbrio - estrutura de concreto armado que faz um contrapeso para os 470 metros de extensão que formam o vão central da ponte, o maior da América Latina - e da execução do mastro principal, que deve chegar a 120 metros de altura.

Na margem paraguaia, o mastro principal também avançou, chegando a 97 metros de altura. Também foi finalizado o terceiro trecho que forma o tabuleiro da ponte. Feito em concreto armado, o trecho tem 20,5 metros de largura e 28,12 de comprimento, pesando cerca de 1.100 toneladas. Os dois primeiros trechos do tabuleiro já foram concluídos anteriormente.

No total, a ponte terá 760 metros de comprimento, sendo composta por duas pistas simples de 3,6 metros de largura, acostamento de 3 metros e calçada de 1,70 metro. A previsão de entrega da obra é 2022.

A estrutura da ponte também vai contar com infraestrutura completa de fronteira, com aduanas, órgãos de controle e fiscalização e um novo acesso rodoviário — a rodovia Perimetral Leste, que conecta a nova ponte diretamente à BR-277 e desafoga o tráfego de veículos pesados no perímetro urbano de Foz do Iguaçu e na Ponte da Amizade, construída nos anos 1960.

Foto: Geraldo Bubniak/AEN

PERIMETRAL – A rodovia Perimetral Leste, também em execução, integra o pacote de investimentos em infraestrutura realizados pela Itaipu Binacional para o desenvolvimento logístico da região Oeste do Paraná. As obras são de gestão do Estado do Paraná, através do DER/PR. Já foram investidos R$ 2,4 milhões dos R$ 104 milhões previstos para a construção da rodovia, que tem previsão de entrega para agosto de 2022.

Iniciadas em 11 de março, as obras estão 2,3% executadas. Segundo o boletim do DER, os esforços avançaram nas etapas de terraplenagem e de concreto, aço e forma do viaduto de acesso à Ponte Tancredo Neves, que conecta Brasil e Argentina.

INVESTIMENTOS – Tanto a Ponte da Integração como a Perimetral Leste são parte do pacote de investimentos da Itaipu Binacional, que totalizam mais de R$ 1 bilhão para o Oeste do Paraná, que tem como objetivo acelerar o crescimento da região. Os compromissos foram firmados junto ao Governo do Estado, responsável pela gestão das obras.

O pacote também inclui a duplicação da Rodovia das Cataratas (BR-469) e a ampliação da pista de pouso e decolagem do Aeroporto Internacional de Foz do Iguaçu, entregue pelo presidente Jair Bolsonaro e pelo governador Carlos Massa Ratinho Junior no início do mês, que passa a permitir voos internacionais.

Fonte: AEN-PR - Agência Estadual de Notícias
Matéria postada pelo jornalista Claudinei Prado / MTPS 23.455/SP e IFJ 674 BR

Postar um comentário

0 Comentários