Últimas Notícias

Governador promete “pegar pesado” no combate a festas clandestinas no Paraná

Redação CRN1

Além do novo decreto estadual de restrições que passa a valer sexta-feira (28), o governo do estado promete força total no combate a festas clandestinas e outros tipos de aglomerações para tentar frear mais uma vez a transmissão acelerada do coronavírus.

Segundo o governador Carlos Massa Ratinho Jr (PSD), o reforço na fiscalização e aplicação de punições não é só para conter o avanço da Covid-19, cujos leitos no estado estão à beira do colapso com 96% de ocupação. O objetivo é também reduzir acidentes de trânsito e ocorrências de violência que também estão sobrecarregando o sistema de saúde.

(c) Ratinho Jr - Foto: Jonathan Campos / AEN.

“Vamos pegar muito pesado a partir dessa semana com muitas blitze no estado do Paraná. Inclusive, faço um pedido para a população para que faça denúncia de festas clandestinas”, enfatizou o governador ao jornal Meio Dia Paraná, da RPC, ontem (26).

“Tivemos em Curitiba um apartamento de alto luxo com festa com dupla sertaneja. São essas irresponsabilidades de poucas pessoas que atrapalham”, disse o governador.

Durante a entrevista, Ratinho Jr solicitou à população mais de uma vez que acione o número 181 do Disque Denúncia da Secretaria Estadual de Segurança Pública (Sesp). As denúncias também podem ser feitas pela Central 190 da PM, seja por telefone ou aplicativo. “Vamos inclusive fazer uma campanha para que a população denuncie. Muitas vezes a pessoa sabe de uma festa clandestina e não avisa, e a polícia não tem como adivinhar. Tendo denúncia, fica mais fácil de a polícia chegar e automaticamente fazer a prisão de quem organiza esse tipo de festa”, explica o chefe do executivo paranaense.

Além das blitze da PM nas cidades e rodovias, o governador também determinou ao comando da Polícia Civil para que todos os delegados apliquem as punições mais pesadas que houver para quem for flagrado organizando ou participando de festas clandestinas.

“A Polícia Militar está preparada para fazer muitas blitze a partir desta semana. Também está preparada para fiscalizar rodovias para pegar gente que bebe, sai de carro. Nossas delegadas e nossos delegados também têm a determinação que passei para que apliquem multa e fiança pesada para a pessoa poder sair da delegacia”, ressaltou Ratinho Jr.

Segundo o governador, quem organiza e participa de festas clandestinas durante a pandemia comete crime contra a saúde pública ao facilitar a transmissão do coronavírus em aglomerações. “Além de cometerem crime contra a saúde pública, essas pessoas atrapalham o trabalho de milhares de pessoas que testam prestar um bom serviço à sociedade. E também acabam punindo as pessoas de bem que estão em casa ou indo ao trabalho se cuidando, de máscara, fazendo tudo aquilo que é determinado pela Secretaria de Saúde e pelos médicos”, complementa.

Com Tribuna do Paraná / Fonte: Redação CRN1 - www.crn1.com.br

Matéria postada pelo jornalista Claudinei Prado - MTPS 23.455/SP e IFJ 674 BR

Postar um comentário

0 Comentários