Últimas Notícias

Diretoria da Coamo apresenta projeto de fábrica de ração e pede apoio do município - Campo Mourão-PR

(c) Da Assessoria PMCM

Diretores da Coamo Agroindustrial foram recebidos pelo prefeito Tauillo Tezelli na manhã de ontem, terça-feira (18). Eles foram apresentar o projeto de construção de uma fábrica de ração animal no parque industrial, na saída para Luiziana. Também solicitaram apoio do município na forma de incentivos fiscais previstos em lei municipal para redução de alíquotas do ISSQN na contratação de mão-de-obra para a construção do novo empreendimento.

Participaram da reunião o presidente do Conselho Administrativo da Coamo, José Aroldo Gallassini, o presidente executivo Airton Galinari, o diretor administrativo-financeiro, Antonio Sérgio Gabriel e o diretor industrial, Divaldo Correa. Após apresentação do projeto no gabinete do prefeito, eles foram até o local onde será edificada a fábrica, que ocupará uma área de 10 mil metros quadrados.

“Investimento é sempre boa notícia para a cidade. Todos conhecem a importância da Coamo não apenas para Campo Mourão como para o Brasil e agora anuncia mais um empreendimento que começa gerando vários empregos desde a construção e vai colaborar com a arrecadação de impostos do município, emprego e renda”, ressalta o prefeito Tauillo Tezelli.

(c) Da Assessoria PMCM

O engenheiro agrônomo José Aroldo Gallassini disse que o investimento passa de R$ 81 milhões, com a geração inicial de 68 empregos diretos e outros 100 indiretos. “É um investimento para aumentar a renda dos associados com a industrialização do milho, algo inédito nos mais de 50 anos da cooperativa. E hoje estamos apresentando oficialmente ao prefeito e pedindo apoio para obtermos os incentivos previstos em lei”, ressaltou Gallassini.

A diretoria explicou que o milho é o segundo produto em volume de produção na área da Coamo (atrás apenas da soja). “A indústria vai nos permitir agregar valor, capitalizando melhor o cooperado”, afirmou o presidente. Além da fabricação de ração em Campo Mourão, a cooperativa planeja outras ações, como uma indústria para produção de etanol e farelo de milho e ampliação da capacidade dos moinhos de trigo.

Fonte: Assessoria de Imprensa da Prefeitura Municipal de Campo Mourão - PR

Matéria postada pelo jornalista Claudinei Prado - MTPS 23.455/SP e IFJ 674 BR

Postar um comentário

0 Comentários