Últimas Notícias

IDR PARANÁ E COAPROCOR AJUSTAM PLANEJAMENTO PARA 2021


Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná – Iapar – Emater (IDR-PARANÁ) e Cooperativa Agroindustrial de Corumbataí do Sul e Região (COAPROCOR), atendida no programa Mais Gestão e beneficiaria do programa COOPERA PARANÁ, se reuniram para elaborar em conjunto o planejamento de ações para o ano de 2021, alinhando as estratégias da extensão com as necessidades no campo. Participaram da reunião o Presidente da COAPROCOR Sr Olavo Aparecido Luciano, o gerente da COAPROCOR Sr Carlos Alves de Souza e os técnicos do IDR Paraná, Eduardo Santos, coordenado estadual em fruticultura, Eliézer Tierling, assessor de Organização Rural e Mercados, Adriano de Paula, técnico de extensão rural do município de Corumbataí do Sul.

Na reunião foram discutidos as culturas que serão incentivadas na região de atuação da COAPROCOR, dentre elas maracujá, acerola, amora silvestre, uva, esta ultima com um incentivo adicional do programa do governo do estado do Paraná, o REVITIS, que irá fornecer subsídios aos produtores que aderirem ao programa, objetivando tanto a implantação de novos vinhedos como a manutenção de vinhedos antigos, visando sempre a melhoria da qualidade dos produtos finais como sucos de uva e vinhos, e conseqüentemente mais renda e qualidade de vida as propriedades rurais familiares.

A COAPROCOR também tem interesse em exportar parte de seus produtos, para isso, uma cadeia, que vai desde a produção no campo até a industrialização deve ser planejada. Apesar de ser uma estratégia de longo prazo, as ações devem ser iniciadas, pois demandam cursos e capacitações, mudanças de tecnologias nas propriedades rurais, que demandam tempo.

A COAPROCOR está atuando no mercado de frutas in natura e polpas congeladas e atua também na produção de mudas frutíferas, comercialização de insumos agrícolas, industrializando as frutas e com sua logística realizando a distribuição nos mercados varejistas, fechando assim uma cadeia do plantio à comercialização dos produtos.

Para Eduardo Santos, o objetivo da reunião foi um alinhamento das metas e objetivos da cooperativa com a atuação da extensão rural oficial, visando capacitar os técnicos que atendem os agricultores, resultando em aumento de produtividade e renda para as famílias rurais e mais matéria prima para a agroindústria da cooperativa.

Na opinião do S.r. Olavo, esta parceria entre cooperativa e extensão rural, é importante, “É um incentivo aos produtores, trata de um planejamento a longo prazo, como o aumento de produção da uva e outras frutas para abrir novos mercados e em conjunto levar novas tecnologia e alternativas ao agricultor”.

Para Carlos Alves, “A reunião fortalece a parceria da cooperativa com o governo, e o alinhamento do foco de atuação vai de encontro com as necessidades da cooperativa, aumentando o mix de produtos ofertados, o que reflete na propriedade familiar, onde se aumenta as possibilidades de renda e qualidade de vida”.

Ao final foram degustados produtos e visitado à indústria de processamentos.

 

Fonte Eliezer Tierling – IDR Paraná - Araruna








 

Postar um comentário

0 Comentários