Últimas Notícias

Credicoamo apresenta ativo total de R$ 1,77 bilhões e sobras de R$ 93,50 milhões‏


Em Assembleia Geral Ordinária (AGO), realizada no dia 26 de fevereiro, em Campo Mourão, os associados da Credicoamo Crédito Rural Cooperativa aprovaram o balanço e a distribuição de sobras do exercício de 2015. A cooperativa de crédito dos associados da Coamo registrou um ativo total de R$ 1,77 bilhão, crescimento de 18,47% e patrimônio líquido de R$ 391,61 milhões, valor 26,03% superior a 2014. A receita global da Credicoamo totalizou R$ 223,88 milhões, volume 40,27% superior ao ano anterior, proporcionando sobras de R$ 93,50 milhões, com crescimento de 52,06%.

PAGAMENTO DAS SOBRAS: Das sobras de R$ 93,50 milhões, após as destinações legais e estatutárias, a Assembleia aprovou a distribuição de R$ 28,20 milhões aos associados. Os valores da distribuição serão creditados na conta corrente de cada cooperado neste dia 29 de fevereiro.

GESTÃO: O presidente da Credicoamo, José Aroldo Gallassini, destaca que o sucesso e a solidez da cooperativa são frutos da ativa participação e movimentação financeira dos associados. “A dedicação e empenho da equipe de funcionários para melhorias nos processos, redução de custos e despesas, associada ao incremento na captação de recursos e concessão de empréstimos e financiamentos aos associados, foram fatores que permitiram a Credicoamo a conquista de excelentes resultados em 2015”, comenta.

Ele cita que o grau de solvência ou índice de Basiléia de 37,96%, que é a relação do patrimônio líquido com os ativos ponderados pelo risco, é bem superior ao índice mínimo de 15%, determinado pelo Conselho Monetário Nacional, em conformidade com o Comitê da Basiléia, superando em 22,96 pontos. “Isso demonstra a solidez da Credicoamo”, enfatiza Gallassini.

EXEMPLO: O superintendente do Sistema Ocepar, José Roberto Ricken, salienta que tanto a Coamo quanto a Credicoamo tem em sua filosofia o modelo de profissionalização e transparência. “Então, tudo é feito com muito zelo e profissionalismo, daí não tem como dar errado. O bom planejamento e a participação ativa dos cooperados só pode dar resultado positivo e a demonstração a gente vê com estes números”, comenta.

FATOS RELEVANTES: A Credicoamo antecipou a liberação de recursos para o custeio agrícola da safra 2015/2016, no primeiro semestre, na ordem de R$ 387,52 milhões, atendendo 1.919 projetos de custeio. O valor antecipado representou 78,36% do contratado na safra. Esta decisão permitiu gerar uma economia superior a R$ 8,7 milhões, uma vez que as taxas de juros foram elevadas em 2,25% ao ano.

No ano de 2015 foram contratadas 18.936 operações de crédito e aplicados recursos na ordem de R$ 1,17 bilhão, sendo: Custeio Agrícola - 12.087 operações no valor de R$ 834,86 milhões; Investimentos Agrícolas: 590 operações no valor de R$ 89,57 milhões, com recursos do BNDES e do FCO, destinados principalmente à aquisição máquinas e implementos agrícolas e correção de solos; demais linhas de empréstimos e financiamentos: 6.259 operações com recursos próprios no valor de R$ 248,50 milhões.

Em 2015 a CREDICOAMO posicionou-se entre as vinte maiores instituições aplicadoras de crédito rural (custeio, investimento e estocagem), conforme dados do Banco Central do Brasil.

Destaca-se ainda o expressivo volume de Seguro Agrícola contratado no ano 2015, com importância segurada de R$ 761,99 milhões, correspondente a 367.167 hectares e 4.151 apólices, para as culturas de soja, milho e trigo.


QUADRO DE ASSOCIADOS: A Credicoamo encerrou o ano com 12.810 associados, crescimento de 7,88% em relação a 2014, os quais são atendidos nas 40 Agências localizadas nos Estados do Paraná, Mato Grosso do Sul e Santa Catarina. Para atender o quadro social são mantidos 220 funcionários, sendo 209 efetivos e 11 estagiários.

GERAÇÃO E RECOLHIMENTO DE TRIBUTOS: Os tributos e taxas gerados e recolhidos durante o exercício de 2015 foram na ordem de R$ 24,63 milhões, com crescimento de 31,65% em relação a 2014.

AGRADECIMENTOS: “Podemos dizer que o ano de 2015 foi de sucesso para a Credicoamo, onde não nos faltou compreensão e apoio daqueles que sempre estiveram conosco: nossos associados, funcionários, instituições financeiras, órgãos governamentais e entidades de classe”, destaca o presidente José Aroldo Gallassini.

CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO: A Assembleia reelegeu a Diretoria Executiva e o novo Conselho de Administração par a gestão 2016/2020 ficou assim constituído: José Aroldo Gallassini – Diretor Presidente, Claudio Francisco Bianchi Rizzato – Diretor Administrativo, Ricardo Accioly Calderari – Diretor Operacional, Jorge Luiz Tonet, Antonio Gancedo e Rogério de Mello Barth – membros vogais.


























Postar um comentário

0 Comentários