Últimas Notícias

POLÍTICAS PÚBLICAS GARANTEM RENDA PARA AGRICULTORES FAMILIARES E ALIMENTO PARA FAMÍLIAS CARENTES

 


A pandemia de Covid-19, desde o seu início, gerou uma série de alterações nas relações sociais e de trabalho, decorrentes da necessidade de se manter um isolamento social. No meio urbano algumas famílias, que já se encontravam em vulnerabilidade social, passaram a ter maior dificuldade na obtenção de renda e, consequentemente, de dar suporte às necessidades básicas da família, como alimentação.

No meio rural também ocorreu uma série de alterações, principalmente na comercialização de produtos oriundos da agricultura familiar. Com o fechamento temporário de muitas feiras e restrição da circulação para venda direta aos consumidores, os agricultores familiares viram suas fontes de renda diminuir drasticamente. Além disso, com a suspensão das aulas presenciais, agricultores que comercializavam seus produtos com a merenda escolar, através do PNAE (Programa Nacional de Alimentação Escolar), viram outra fonte de renda ser suspensa temporariamente.

Foi pensando nisso que o Governo do Estado do Paraná instalou o PAA (Programa de Aquisição de Alimentos). Nesse programa, o governo adquire alimentos de agricultores familiares e realiza a distribuição para famílias em vulnerabilidade social. Dessa maneira, garante renda ao agricultor familiar, e alimentação digna às famílias que recebem os alimentos. Na região de Campo Mourão, mais de 380 mil reais foram destinados ao programa, beneficiando oito cooperativas e 1430 agricultores.

Durante todo o processo, o IDR-Paraná tem apoiado os agricultores e cooperativas em todas as etapas. Na região de Campo Mourão, uma equipe de técnicos auxilia as cooperativas na elaboração de projetos, bem como nos procedimentos necessários para o credenciamento junto ao programa. Além disso, um grupo de técnicos presta assistência aos produtores, permitindo melhoria na produtividade e na qualidade dos produtos.

A Cooperativa Canpar, do município de Ubiratã, é uma das cooperativas credenciadas para realizar a entrega de alimentos na região. Foram mais de 80 mil reais em produtos entregues para as famílias. De acordo com Sr. Orlando Campos, presidente da cooperativa, as políticas públicas são importantes ferramentas para a garantia de renda nas pequenas propriedades rurais.  Segundo ele, através dessa renda o agricultor consegue realizar investimentos na propriedade, melhorando o sistema de produção, além de melhorar a qualidade de vida da família.

Uma das famílias beneficiadas pelo programa é a família do Sr. Ronaldo Rodrigues, de Ubiratã. De acordo com o agricultor, o programa permitiu manter, em parte, a renda da propriedade. A família, que comercializa 80% de sua produção com programas institucionais, vê nesse tipo de política pública, a oportunidade de dar uma boa formação para seus filhos, bem como proporcionar qualidade de vida a toda família. O agricultor já planeja os próximos passos. Desde que recebe assistência técnica do IDR-Paraná, está convertendo seu sistema de produção para o sistema orgânico, garantindo maior segurança alimentar e ambiental.

A Sra. Cilene Saran, do município de Ubiratã, iniciou a produção de hortaliças há pouco mais de três anos. Desde então, com assistência técnica do IDR-Paraná, tem melhorado muito a produção. Segundo a agricultora, com a assistência técnica e o acesso a programas institucionais para comercializar sua produção, a renda da família é garantida. Recentemente a família realizou investimentos em um sistema de irrigação e em uma agroindústria, e já pensa em ampliar o negócio, adquirindo um veículo específico para o transporte.

 

Fonte - Eliezer Tierling e Tiago Hachmann, instituto de desenvolvimento rural do Paraná- Iapar-Emater.











Postar um comentário

0 Comentários