Últimas Notícias

VIVER MAIS PARANÁ - Representante da OMS conhece programa de construção de condomínios para idosos do Paraná


Detalhes sobre projetos habitacionais do Governo do Estado voltados à terceira idade foram apresentados pelo presidente da Cohapar, Jorge Lange, à coordenadora da Organização Pan-Americana da Saúde, vinculada ao órgão mundial do setor. Vinte municípios já têm empreendimentos confirmados, com 40 moradias cada.

O Viver Mais Paraná, programa do Governo do Estado voltado à construção de condomínios residenciais para idosos em todo o estado, foi apresentado a representantes da Organização Mundial da Saúde (OMS) neste sábado (7). A coordenadora da Unidade Técnica de Família, Gênero e Curso de Vida da Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS), vinculada à OMS, participou de uma apresentação sobre o programa feita pelo presidente da Cohapar, Jorge Lange, na sede da empresa, em Curitiba.

Durante o encontro, que foi agendado e acompanhado pela deputada federal Leandre Dal Ponte, os presentes puderam conhecer detalhes sobre o funcionamento dos projetos habitacionais vinculados ao Viver Mais Paraná. O programa foi lançado em 2019 pelo Governo do Estado, sob a responsabilidade da Cohapar, com a perspectiva de atendimento de 20 municípios até o momento.

Segundo o presidente da companhia, a iniciativa foi criada pela gestão estadual de forma a antecipar a crescente demanda habitacional dos idosos paranaenses. “Em poucos, os estudos apontam que o Paraná terá mais idosos do que crianças, por isso o Governo do Estado está investindo em políticas públicas voltadas a esta faixa da população e o Viver Mais faz parte deste esforço”, explica Lange.

Os projetos mais avançados acontecem em Foz do Iguaçu e Jaguariaíva, onde os conjuntos habitacionais estão em fase adiantada de obras e devem ser entregues à população nos próximos meses. O processo de seleção dos futuros moradores será feito com base naqueles inscritos no sistema de pretendentes da Cohapar, aberto a qualquer interessado mediante cadastro no site www.cohapar.pr.gov.br/cadastro.
O PROGRAMA – Destinado ao atendimento de pessoas com 60 anos ou mais e renda de até seis salários mínimos, o Viver Mais Paraná consiste na construção de condomínios horizontais fechados com 40 moradias cada. A infraestrutura dos empreendimentos conta com espaços de convivência e áreas de lazer diversificadas aos moradores, que podem residir sozinhos ou em casal.

Convênios firmados com as prefeituras também possibilitam a realização de visitas para acompanhamentos periódicos nas áreas de saúde e assistência social aos idosos por funcionários públicos municipais.

Os beneficiários pagam um aluguel equivalente a 15% de um salário mínimo ao mês, com a opção de residirem no local pelo tempo que desejaram. Os valores arrecadados são reinvestidos na política habitacional do estado, inclusive com a construção de novos empreendimentos desta modalidade.

OPORTUNIDADE – Para Lange, o interesse da OPAS no Viver Mais Paraná é uma chance de fortalecer o programa visando a sua ampliação. “É importante que nós tenhamos a chancela de organismos internacionais como a OPAS e a OMS, pois isto nos dá credibilidade para buscar novas fontes de recursos que possam subsidiar a construção de dezenas de condomínios em todo o estado”, explica o presidente da Cohapar.











Postar um comentário

0 Comentários