Últimas Notícias

FORRAGENS MELHORADAS DE INVERNO



O Instituto do desenvolvimento rural do Paraná IAPAR/EMATER do município de Iretama, vem trabalhando no projeto leite e realiza ações com vistas ao fortalecimento da cadeia produtiva local. Através da mobilização de representantes de instituições parceiras, foi articulado em conjunto com alguns produtores de leite que fazem parte do projeto, para facilitar o acesso as sementes de aveia IPR-61 e IPR-126. Tradicionalmente os produtores do município, plantam aveia preta comum.

Segundo o Zootecnista, Jorge André: “Nossa ideia é trabalhar juntos com esses produtores e mostrar que esses materiais ficam mais em conta, pois são de ciclos mais longos, possibilitando até 7 pastejos, o que faz uma diferença muito grande no final das contas”, Com isso, se espera o aumento de oferta de alimentos aos animais no inverno, buscando a manutenção e até possível aumento na produtividade leiteira.

Principais características da Aveia IPR-61, O ciclo tardio (cerca de 134 dias desde a emergência até a plena emissão de panículas), possibilita maior número de pastejos e cortes, aumenta o rendimento forrageiro e prolonga o período de cobertura do solo. Possui elevada produção de matéria seca e a baixa decomposição da palhada reduzem a população de plantas daninhas e melhoram as propriedades químicas, físicas e biológicas do solo.



Características da aveia IPR-126, Boa produção de matéria seca, boa capacidade de rebrote, bom perfilhamento e boa relação folha/colmo, Ciclo precoce até o florescimento (aproximadamente 96 dias), Hábito de crescimento semivertical e altura média de 1,32 m.

Genótipo
Materia seca
( Kg/ha )1
Porcentagem Relativa
Aveia Preta Comum
3185
100
Aveia IPR 126
3918
123
¹Resultados médios adaptados de três anos, em quatro estados (RS, SC, PR e SP). Fonte: Anais da XXXII Reunião da Comissão Brasileira de Pesquisa de Aveia.

Fonte - Unidade local IDR- Instituto do desenvolvimento rural do Paraná IAPAR/EMATER

Postar um comentário

0 Comentários