Últimas Notícias

Urubus na pista

                                                                                        Imagem Ilustrativa                                                                   

Em 6 anos atuando na PM presenciei diversas situações deploráveis, me deparei com violência, miséria, morte, abandono, entre outras tantas.

Enfim, sempre trabalhei enfrentando o pior do ser humano, mas o que analisei ontem, me fez perder mais um pouco da fé na humanidade.

Um caminhão tombado, motorista e ajudante com alguns leves ferimentos, prejuízo já definido, carga sem seguro, e inúmeras pessoas se aproximando, tentando furtar os objetos da carga, arrombando a porta da carroceria para acessar a carga, pouco se importavam com a presença do motorista ou responsáveis pela carga, que poderiam estar gravemente feridos.

Eu vi ali, o pior que o ser humano pode ser... Ser piores que urubus, sim piores, pois essa ave se aproveita daquilo que já está morto, que não há prejuízo a outros, mas aqueles indivíduos não, eles queriam se aproveitar e potencializar o prejuízo de quem trabalhando, já estava em situação difícil, eles queriam jogar mais uma pá de terra no trabalho de quem perdera parte do seu tempo e por pouco não a vida, em um acidente de trabalho. 

                                        
        Texto de Otoniel Coelho Neves            
          Postado por Itma A. Iszczuk         
                                                                                


   

Postar um comentário

0 Comentários