Os resíduos dos agrotóxicos são nocivos ao meio ambiente e à saúde dos animais e dos seres humanos. Os riscos de contaminação são os piores possíveis. Quando as embalagens são abandonadas no ambiente, enterradas ou descartadas em aterros, podem infectar o solo e os rios.

 União entre produtores, fabricantes, distribuidores e poder público mudou o destino das embalagens contaminadas no campo em apenas uma década. O Brasil é recordista mundial no recolhimento de embalagens de agrotóxicos. Nos últimos dez anos, o percentual de embalagens plásticas colocadas no mercado que são recolhidas pela indústria após o uso do produto nas lavouras atingiu 95%, segundo o diretor-presidente do Instituto Nacional de Processamento de Embalagens Vazias (Inpev), João Cesar Rando, esse índice tornou o país líder e referência mundial no tema. Em segundo lugar vem a França, com 77%, seguida pelo Canadá, com 73%.

A prefeitura, Emater, Colégio Estadual e Coaprocor realizaram dia 14 de novembro de 2019, no município de Corumbataí do sul, uma ação conjunta para o recolhimento das embalagens vazias de agrotóxicos do município.

Durante o mês de novembro, agentes comunitários da saúde, ajudaram na divulgação e conscientização sobre a importância do recolhimento destas embalagens.

No colégio Estadual de Corumbataí do Sul foi realizada uma palestra com os alunos para que os mesmos tomassem conhecimento dos riscos que estas embalagens representam se descartadas de maneira incorreta, e com isso poderiam orientar e incentivar seus familiares e vizinhos para que participassem desta ação.

Apesar da forte chuva ocorrida, a participação dos produtores foi significativa, demonstrando grande preocupação na preservação ambiental.

Estas embalagens foram destinadas a Associação dos Distribuidores de Insumos e Tecnologia Agropecuária – ADITA, empresa credenciada junto ao Instituto Nacional de Processamento de Embalagens Vazias – INPEV, que veio até o município com sua e equipe e veículo adequado para o transporte seguro.

Fonte - Unidade local Emater de Corumbatai do Sul.