Últimas Notícias

Campina da Lagoa: produtores de soja são assistidos com a técnica de manejo de pragas



A cultura da soja está sujeita ao ataque de insetos desde a germinação até à colheita. As principais pragas da soja são as lagartas e os percevejos, que causam danos econômicos mais graves quando não manejados corretamente.

No município, extensionistas da Emater vem assistindo produtores com a técnica Mip instalando Unidades de Referência com objetivo de mostrar a eles a importância de se fazer um monitoramento, com qualidade, da ocorrência de pragas e inimigos naturais, e com base nele possa ter segurança na sua tomada de decisão para realizar o controle da praga ou não.

Na tarde do dia 8 de novembro foi realizada na lavoura de soja do proprietário Leandro Toledo na comunidade Timburi, município de Campina da Lagoa, uma reunião prática com seis produtores sobre Manejo Integrado de Pragas.

Esta reunião foi a primeira de uma série de outras que deverão acontecer durante a safra de soja 2019/2020, e faz parte da programação do curso “Inspetor de campo em Mip soja” oferecido pelo Senar/Sindicato Rural e executado em parceria com o Instituto Emater.

Ao grupo foi apresentado o uso de ferramentas básicas para realização de amostragens e anotações da população de insetos considerados pragas à cultura, bem como a ocorrência de inimigos naturais dessas pragas na lavoura, são informações que podem ajudar o produtor no controle das pragas e realizar um uso mais racional de defensivos agrícolas no campo.

Fonte - Unidade local Emater de Campina da Lagoa.










Postar um comentário

0 Comentários