Últimas Notícias

Nova Cantu continua fortalecendo atividade leiteira com a Emater



O município de Nova Cantú possui 7425 mil habitantes, com 3321 residindo na área rural, sendo a bovinocultura de leite a principal fonte de renda para a maioria desta população, movimentando a economia do município.

Vendo essa necessidade, o Instituto EMATER, Prefeitura Municipal e os Sindicatos Patronal e dos Trabalhadores Rurais, realizam há vários anos um trabalho conjunto de capacitação e assistência técnica para estes produtores familiares.

Os agricultores recebem assistência em gestão da propriedade, qualidade do leite, planejamento forrageiro, manejo de pastagens, manejo sanitário dentre outras ações pertinentes ao trabalho do campo, com o uso de metodologias individuais com visitas dos técnicos as propriedades e também metodologias grupais como reuniões técnicas, excursões, dias de campo, onde se é possível a troca de experiências entre os agricultores assistidos.

No dia 23 de maio de 2019, foi realizado uma reunião técnica com os produtores de leite da comunidade Cantuzinho e Assentamento José Arnaldo, com os assuntos: Sanidade do rebanho e alimentação do gado no inverno.

Foram abordados assuntos como o manejo estratégico de carrapatos e verminoses, prevenção de doenças como brucelose, tuberculose dentre outras de importância na atividade.

Na parte de alimentação de inverno, o extensionista Thales Henrique Fernandes de Quadros, da Emater de Campina da Lagoa, apresentou variedades novas de forrageiras de inverno, como as aveias desenvolvidas pelo IAPAR (IPR 61, IPR Afrodite, IPR Suprema, IPR Esmeralda), variedades de trigo para pastejo e silagem e também ensinou técnicas de suplementação com o uso de silagem de cana, sorgo, milho planta inteira e milho grão úmido.

“A alimentação e sanidade do rebanho estão fortemente interligadas e temos muito ainda o que melhorar nesses quesitos em nossas propriedades. Muitas vezes nos preocupamos apenas quando ocorre uma enfermidade em nosso rebanho, mas então já é tarde, o prejuízo já ocorreu. Devemos buscar trabalhar a prevenção de doenças com um bom manejo e alimentação adequada”. Relata a extensionista Ana Carolina Moysa Ferreira, da Emater de Campina da Lagoa, que atende periodicamente produtores de leite em nova Cantu.

Fonte - unidade local Emater de Nova Cantu.






Postar um comentário

0 Comentários