Os três principais ganhadores do sorteio especial de maio do Nota Paraná receberam nesta segunda-feira (20) os cheques durante cerimônia na Assembleia Legislativa. Com o plenário lotado de autoridades, contribuintes e instituições beneficentes, o evento contou também com uma homenagem dos deputados paranaenses ao programa de cidadania fiscal do Estado.
Uma instituição de Ponta Grossa e moradoras de Londrina e Maringá foram contempladas com os valores de R$ 200 mil, R$ 120 mil e R$ 80 mil, respectivamente.
O vice-governador Darci Piana parabenizou o Nota Paraná e a Assembleia Legislativa pela homenagem e destacou a importância do programa para o Estado. “O resultado desse projeto está no benefício que o programa tem trazido a todos os paranaenses”, afirmou.
“O fato é que o Nota Paraná é um grande sucesso. Todo mundo ganha com esse programa e tínhamos que celebrar esses quatro anos de grande sucesso, fazendo com que o programa possa cada vez mais ser fortalecido”, afirmou o deputado estadual Romanelli, autor da proposta para homenagear o programa.
Para a coordenadora do Nota Paraná, Marta Gambini, a homenagem é mais uma demonstração da importância do programa para todo o Estado. “O reconhecimento gratifica o nosso trabalho e nos motiva sempre mais, pois temos a convicção que estamos dando nossa pequena contribuição para a sociedade paranaense”, disse.
ENTIDADE FILANTRÓPICA – A Associação Ponta-Grossense de Portadores de Deformidades Faciais (APPDF), sorteada com o prêmio principal, é uma entidade filantrópica, sem fins lucrativos, que há 26 anos atende crianças, jovens e adultos portadores de fissura lábio palatal. Durante esse período, mais de 422 pacientes já passaram pela instituição. O trabalho acontece desde o nascimento, quando o problema é identificado, até a cirurgia de correção e reabilitação, totalmente gratuita. Os pacientes contam com atendimento de uma equipe técnica composta por dentista, fonoaudióloga, psicóloga, pedagoga, professoras e assistente social. Com o prêmio especial do Nota Paraná, a entidade poderá concluir a construção de sua sede, além de desenvolver novos projetos. “Vamos executar algumas ações que serão definidas juntamente com a diretoria da instituição, além de finalizar o projeto, que já estamos desenvolvendo, que é a construção dessa nova sede. Isso vai ser de suma importância para a conclusão desse trabalho”, afirmou Clemerson Aparecido da Silva, presidente da instituição.
AÇÃO DE CIDADANIA – Para a assistente social Lelia Maria Luz Reis Refundini, de 59 anos, a desconfiança inicial deu lugar a surpresa e alegria ao ser informada de que havia sido sorteada com o prêmio de R$ 120 mil. “Cheguei a ligar para a Receita Estadual para me informar. Foi o primeiro prêmio que ganho na vida. Nunca havia sido sorteada nem em bingo”, disse a moradora de Londrina. Segundo ela, o ato de pedir o CPF na nota tornou-se um hábito, além de uma ação de cidadania. “Sempre peço o CPF na nota. Algumas vezes, quando estou com pressa, pego a Nota, sem o CPF e doo para entidades da região”, diz. Sobre o prêmio, Refundini afirma que não tem planos iniciais e que pretende aplicar o valor para decidir no futuro.
SUSTO E ALEGRIA - A professora de Maringá, Cristiane Aparecida de Souza Sabbag, de 42 anos, ganhadora do terceiro maior prêmio, de R$ 80 mil, conta que levou um susto ao ser informada que alguém do Nota Paraná estava na porta da sua casa. “Como não conseguiram falar comigo por telefone, a representante de programa veio me avisar pessoalmente. Fiquei primeiramente muito assustada, mas depois foi só alegria”, diz.
Participante assídua do programa, Cristiane afirma que costuma pedir o CPF até nas compras menores e que incentiva os amigos e familiares. “Deixo acumular os valores que retornam ao longo dos meses e faço o resgate de uma vez só no final do ano”, afirma.
Sobre o destino para o prêmio, a professora afirma que irá ajudar a mãe a concluir a reforma da casa e usará o restante para pagar dívidas.
VALORES DISTRIBUÍDOS – Até o mês de maio, o Programa Nota Paraná já disponibilizou mais de R$ 1,47 bilhão em créditos e prêmios aos contribuintes de todo o Estado. Já são mais de 2,5 milhões de cidadãos cadastrados.
Deste valor, foram repassados R$ 132 milhões para as 1.300 entidades beneficentes cadastradas e que já receberam mais de 391 mil notas por meio de doações. São contempladas instituições das áreas de assistência social, saúde, defesa e proteção animal, desportes e cultura de todas as regiões do Paraná.
COMO SE CADASTRAR - Para se cadastrar no Nota Paraná basta acessar o site www.notaparana.pr.gov.br, clicar na opção “cadastre-se” e preencher os dados pessoais, como CPF, data de nascimento, nome completo, CEP e endereço para criação da senha pessoal.
Para participar dos sorteios é preciso fazer adesão no site. Toda primeira compra no mês gera um bilhete ao participante do programa para os sorteios mensais, independentemente do valor. Depois, cada R$ 50 em notas fiscais dá direito a um novo bilhete, com validade apenas para o sorteio do seu respectivo período.
Os valores dos prêmios dos sorteios e os créditos devolvidos poderão ser utilizados para abatimento do valor do IPVA ou para depósito em conta bancária do premiado.
Os prêmios mensais são de R$ 50 mil, R$ 30 mil, R$ 20 mil, R$ 1 mil, R$ 250, R$ 50, R$ 20 e R$ 10. Nos sorteios especiais, realizados em meses com datas comemorativas (maio, junho, agosto, outubro e dezembro) o valor dos três prêmios principais é multiplicado por quatro, chegando a R$ 200 mil, R$ 120 mil e R$ 80 mil.

Fonte: AEN