Autoridades consulares do Paraguai estiveram na tarde desta quinta-feira (21) auxiliando a Comarca de São Miguel do Iguaçu em processo da infância e juventude que envolve a guarda de uma criança daquele país.

Todas as partes envolvidas são de nacionalidade paraguaia e o Consulado prestará importante apoio ao Juízo, dispensando-se formalidades burocráticas para a realização de atos processuais no país vizinho, de forma a reduzir consideravelmente o tempo da sentença.

"É um apoio muito importante, um grande avanço. Diligências imprescindíveis que levariam meses para serem concretizadas por meio da via diplomática regular serão  concluídos em duas semanas", enfatizou o Juiz de Direito que atua no caso, Dr. Ferdinando Scremin Neto.

Fonte: IMPRENSA - 2ª CIA -11° BPM - UBIRATÃ