Últimas Notícias

Emater e prefeitura de Corumbatai do Sul realizam evento de revitalização da cultura do maracujá


A horticultura, que abrange olericultura, fruticultura, palmáceas e flores e um dos projetos prioritários na região de Campo Mourão, sendo os dois primeiros programados pelos extensionistas da região para assistência aos produtores em 2019, vários eventos e ações fazem parte das atividades do grupo de técnicos, pesquisadores e produtores, buscando a sustentabilidade da atividade que possui boa rentabilidade por unidade de área.

Alguns municípios se destacam na produção de olericolas e outros pela de frutas, em ambos os casos a comercialização tem como principal canal os mercados institucionais (PAA e PNAE) que destinam alimentos para merenda escolar e entidades assistenciais.

A comercialização geralmente e feita via cooperativas de agricultores familiares existentes na região, e que são assistidas pelo Instituto Emater de forma individual ou grupal, conforme a necessidade, como o evento de hoje que está sendo realizado em Corumbatai do sul, sobre a cultura do maracujá.

O objetivo é trazer conhecimento técnico e tecnologias para produção do maracujá, que O município já foi um grande produtor da fruta, mas devido uma série de fatores a cultura deixou de ser o carro chefe das frutas produzida no município, que tem a indústria de polpa de frutas instalada pela cooperativa Coaprocor e tem produtores que estão na atividade.

O objetivo dos parceiros prefeitura, Emater e Coaprocor e elevar a produção e renda dos agricultores envolvido na atividade, assim Estão presentes diversos técnicos da EMATER, técnicos das prefeituras vizinhas e COAPROCOR e o pesquisador da Apta Narita de SP, todos  envolvidos na cadeia produtiva do maracujá.

Fonte- Área de comunicação eventos e marketing- unidade Regional Emater de Campo Mourão.




Postar um comentário

0 Comentários