Últimas Notícias

4º Pedal dos Mestres de Roncador um dos maiores desafio do Brasil

Um dos mais difíceis e desgastante evento realizado em apenas um dia no Brasil que se tem notícia.



         No último domingo 10 de dezembro, aconteceu o 4º Pedal dos Mestres de Roncador, organizado pela Equipe Dorflex e Roncabikers. Participaram do Pedal 29 ciclistas vindos de Perola, Goioere, Cruzeiro do Oeste, Campo Mourão, Ubiratã, Tuneira do Oeste, Juranda, Pitanga, Umuarama, Cascavel, Mato Rico e de Roncador. O evento teve como destaque a presença do ciclista da categoria elite de Ubiratã Alfredo Riedo Junior, campeão do Jamu's 2017.

         A saída foi as 06h da manhã, os ciclistas passaram por trechos de dois municípios ao longo do trajeto sendo eles: Roncador e Mato Rico, podendo ser observadas as principais localidades de: Palmita 43, Formoso, Rio Azul, Cancan de baixo, onde os ciclista puderam apreciar as belezas naturais da região. Os participantes almoçaram durante o percurso no barracão da associação do Rio Azul, na oportunidade pararam e saborearam um churrasco.


         O percurso percorrido pelos mestres foi de 140 quilômetros, com altimetria de 3.796 mts, uma das maiores do Brasil atingida em apenas um dia segundo os participantes e que, só acontece em Roncador, devido ao grau de dificuldade que a região oferece. Os participantes começaram a chegar a partir das 21h, com expressão de cansaço, porém, felizes por ter conseguido concluir mais este desafio.


         Destaque para os ciclistas de Cruzeiro do Oeste, Cocão, Marquinhos (Paulinho gogo) Wilson(tiowill), que vieram para Roncador pedalando no sábado, e o Cocão que voltou na segunda feira, quando percorreram 190 quilômetros e no domingo 140 e na segunda 190 , totalizando 520 quilômetros nos três dias.
        
         Os participantes agradecem aos colaboradores Fabio Kochmanski Vinci, Ricardo Trindade e Elivelton Oliveira, que passaram o dia todo nos veículos de apoio auxiliando com água e comida no decorrer do percurso.

         “O desgaste é muito grande, pois são 14 horas de pedal, apesar de não haver premiação, há o prazer indescritível que a prova proporciona, não há valor que pague as belezas encontradas pelo percurso, bem como a amizade que fazemos em cada encontro”, afirmam alguns participantes.










Postar um comentário

0 Comentários