Últimas Notícias

Asfalto de Mato Rico a Pitanga


Moradores de Pitanga e Mato Rico puderam conhecer nessa quinta feira (04) o projeto de pavimentação da PR-239. Na consulta pública, foram debatidos os investimentos de cerca de R$ 120 milhões previstos na pavimentação de 48,9 quilômetros da rodovia que liga os dois municípios localizados no Centro do Paraná.

A obra integra o Programa Estratégico de Infraestrutura e Logística de Transportes do Estado, orçado em US$ 435 milhões junto ao Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

Mais de 300 moradores compareceram ao evento promovido pela Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística, pelo Departamento de Estradas de Rodagem (DER-PR) e o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

O caminhoneiro Eliseu da Silva Tejada mora em Pitanga e utiliza a rodovia não pavimentada diariamente para transportar leite. Ele afirma que a obra vai representar um avanço para os produtores da região. “A pavimentação vai reduzir o tempo de viagem e o custo-benefício do transporte. Só em combustível vamos ter uma economia em torno de 25% em relação ao que gastamos hoje”, disse.

Para o comerciante de Mato Rico, Valdemar Seguro, a obra trará benefícios para toda a população. “A pavimentação vai facilitar nossa vida. Os comerciantes não vão precisar deslocar equipes para buscar mercadorias nos municípios vizinhos e, consequentemente, poderemos melhorar a oferta dos nossos produtos com preços mais atrativos para o consumidor”, relata.

A estimativa é que as obras beneficiem mais de 35 mil moradores da região, em especial os pequenos produtores, facilitando o escoamento da produção agrícola.

LIDERANÇAS ESTUDANTIS
Cerca de 40 universitários de Mato Rico e região estiveram na audiência pública com cartazes e faixas de apoio ao projeto. “Todos os dias nós precisamos nos deslocar até Pitanga para estudar. Hoje, levamos em torno de duas horas para chegar até a universidade. Além disso, em dias de chuva o trajeto fica perigoso. Nós acreditamos que obra representa um progresso para o município”, destaca Michelle Thais Boschen, uma das líderes do movimento estudantil.

PARCERIA
De acordo com Glauco Lobo, coordenador técnico do Departamento de Estradas de Rodagem (DER-PR), o objetivo das audiências públicas é compreender os anseios da população.

“Mato Rico é um dos quatro municípios do Paraná que ainda não têm a ligação asfáltica com a malha rodoviária estadual. Estamos trazendo essa discussão para compreender quais são as principais necessidades da população que utiliza diariamente a rodovia”, afirma.

INVESTIMENTOS
Do valor total de US$ 435 milhões, a proposta prevê um financiamento de US$ 235 milhões em empréstimos junto ao BID e os outros US$ 200 milhões de contrapartida do Governo do Paraná. A expectativa é que o empréstimo seja assinado nos próximos meses.

Além dos recursos para modernização de rodovias, o financiamento do BID prevê também a criação de centros logísticos em pontos estratégicos do Estado. A intenção é aumentar o potencial logístico com novos pontos de armazenagem de grãos, estacionamentos e áreas de serviços que facilitem o transporte em todo o Paraná.

Fonte: Rede Sul de Notícias 

Postar um comentário

0 Comentários