AMP elogia aprovação da renovação do "Mais Médicos na Câmara Federal"; matéria segue para o Senado



A AMP (Associação dos Municípios do Paraná), a CNM (Confederação Nacional de Municípios) e as demais organizações do movimento municipalista comemoram mais uma importante vitória: a aprovação do texto-base da Medida Provisória que prorroga por mais três anos o programa Mais Médicos, do Governo Federal.

A proposta foi aprovada sem contagem nominal de votos, após acordo entre lideranças dos partidos da base aliada e da oposição. Editada pela presidente afastada Dilma Rousseff, a MP também prorroga por três anos o visto temporário concedido aos médicos intercambistas estrangeiros inscritos no programa.


Agora, a MP precisa ser aprovada pelo Senado Federal até a próxima segunda-feira (dia 29), quando perde sua validade. Há um acordo para que o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), coloque a proposta em votação ainda esta semana no plenário da Casa, para sanção do presidente interino, Michel Temer, ainda antes de perder a validade.

AMP elogia decisão


O presidente da AMP (Associação dos Municípios do Paraná) e prefeito de Santo Antônio do Sudoeste, Ricardo Ortina, elogiou a decisão da Câmara. Ortina havia pedido a continuidade do programa ao ministro da Saúde, Ricardo Barros, que quer aumentar a participação dos médicos brasileiros no projeto.

O pedido foi feito devido às dificuldades dos municípios de contratar profissionais da área. No Paraná, são 1040 médicos em 318 municípios. "O Mais Médicos é fundamental para garantir a continuidade dos programas de saúde nos municípios, sobretudo os pequenos. Esperamos, agora, que o Senado aprove a Medida Provisória”, comentou.

Se o prazo da MP não for prorrogado, 3.885 Municípios ficarão sem profissionais médicos. A população que mais necessita ficará desassistida, já que quase onze mil postos de trabalho ficarão em aberto. De acordo com o Ministério da Saúde, a medida permite que 7.000 profissionais, em sua grande maioria de Cuba, permaneçam no Brasil. Os prazos acabam em outubro deste ano. Só a partir de 30 de agosto, um dia após a MP perder a validade, 2.000 profissionais terão de deixar o programa.

Assessoria de Comunicação da AMP
Compartilhe no Google+

Você e Região

Noticiando e informando com responsabilidade.

"Procure olhar com os olhos de sua alma e verás nas coisas simples grandes valores."
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário

Março
05 a 11 Farmácia Pague Menos
12 a 18 Farmácia Santa Clara
19 a 25 Farmácia Imperial
26 a 01 de Abr Farmácia Drogafarma

Abril
02 a 08 Farmácia São Marcos
09 a 15 Farmácia Pague Menos
16 a 22 Farmácia Santa Clara
23 a 29 Farmácia Imperial
30 a 06 de Maio Farmácia Drogafarma

Maio
07 a 13 Farmácia São Marcos
14 a 20 Farmácia Pague Menos
21 a 27 Farmácia Santa Clara
28 a 03 de Jun Farmácia Imperial
Junho
04 a 10 Farmácia Drogafarma
11 a 17 Farmácia São Marcos
18 a 24 Farmácia Pague Menos
25 a 01 de Jul Farmácia Santa Clara

Julho
02 a 08 farmacia imperial
09 a 15 farmacia drogafarma
16 a 22 farmacia sao marcos
23 a 29 farmacia pague menos
30 a 05 de Ago farmacia santa clara

Agosto
06 a 12 Farmácia Imperial
13 a 19 Farmácia Drogafarma
20 a 26 Farmácia São Marcos
27 a 02 de Set Farmácia Pague Menos
Setembro
03 a 09 Farmácia santa clara
10 a 16 Farmácia imperial
17 a 23 Farmácia drogafarma
24 a 30 Farmácia sao marcos
Outubro
01 a 07 Farmácia Pague Menos
08 a 14 Farmácia Santa Clara
15 a 21 Farmácia Imperial
22 a 28 Farmácia Drogafarma
29 a 04 de Nov Farmácia São Marcos
Novembro
05 a 11 Farmácia Pague Menos
12 a 18 Farmácia Santa Clara
19 a 25 Farmácia Imperial
26 a 02 de Dez Farmácia Drogafarma
Dezembro
03 a 09 Farmácia São Marcos
10 a 16 Farmácia Pague Menos
17 a 23 Farmácia Santa Clara
24 a 30 Farmácia Imperial

31 a 06 de janeiro de 2017 - Farmácia Drogafarma