Últimas Notícias

Cenas impactantes no simulado na Praça Moyses Lupion emociona os presentes




         Na tarde desta quarta-feira (25), numa iniciativa da Secretaria de Saúde em parceria com a Defesa Civil (Bombeiros), Polícia Militar, Colégios Estaduais General Carneiro e Ulysses Guimarães, dando sequencia nas atividades do Maio Amarelo, foi realizado na Praça Moyses Lupion em Roncador, um simulado de incidente com múltiplas vitimas. Na ocasião marcaram presença além de um grande número de expectadores, autoridades como a prefeita municipal Marília Perotta Bento Gonçalves e o vice-prefeito Vivaldo Lessa.

         Para isso, a organização contou com a participação de vários alunos que atuaram como vitimas, os quais apresentavam ferimentos graves chegando a chocar os que assistiram ao simulado, além deles entraram em ação inicialmente o caminhão de combate a incêndio que fez o combate e a retirada rápida das vitimas do local de risco, em seguida, chegaram as ambulâncias de resgate com as equipes de triagem, Polícia Militar, enfermeiras e Socorristas, logo após a triagem os bombeiros iniciaram os resgates, levando em consideração a prioridade de atendimento de cada acidentado, encaminhado-os para as devidas zonas demarcadas com lonas coloridas as quais indicam a ordem de atendimento; sendo: 1º vermelho, 2º amarelo e 3º verde.


         O soldado Paulo Henrique, ao se dirigir aos presentes, agradeceu a colaboração dos Colégios, professoras, alunos, a secretaria de saúde, prefeitura municipal, Polícia Militar, Agentes da Defesa Civil que participaram e a comunidade que se fez presente para prestigiar o momento de conscientização tão importante. 
Hoje, felizmente podemos pedir aos nossos amigos que representam vitimas fatais para que se levantem e que esta é sua segunda chance, porém em uma situação real, isso não seria possível. Porque hoje se isso fosse real, vocês não mais poderiam sequer pedir a benção matinal para seus pais, ir a reuniões de escolas de seus filhos seria impossível, então aprendam da maneira mais fácil possível, que é através de ouvir, estudar, adquirindo também experiência com pessoas mais vividas, porque assim, você evitará aprender da forma mais dolorida que é passando por uma situação idêntica a que simulamos nesta tarde”, finalizou Paulo Henrique muito aplaudido. 














Postar um comentário

0 Comentários