Últimas Notícias

Ao completar 60 anos, Emater recebe a Comenda 10 de Outubro


Os 60 anos do Instituto Paranaense de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater) foi marcado, em Campo Mourão com a entrega da Comenda 10 de Outubro pela Câmara de Vereadores. A sessão solene do Poder Legislativo para a outorga da honraria oficial aconteceu na tarde desta terça-feira (24/5), no auditório da unidade local de Senac.

A homenagem trouxe a cidade o diretor presidente da Emater, Rubens Ernesto Niederheitmann, além do secretário estadual da Agricultura e do Abastecimento, Norberto Anacleto Ortigara. Também participaram da cerimônia representantes de entidades ligadas à área do agronegócio, profissionais que atuam no setor, produtores rurais, autoridades locais, lideranças da comunidade e outros convidados.

O autor do projeto de resolução que concedeu a honraria a Emater foi o vereador Edson Battilani (PPS). Outros nove vereadores subscreveram a proposição: Elvira Schen, Toninho Machado, Luiz Alfredo, Sidnei Jardim, Pedro Nespolo, Nelita Piacentini, Edilson Martins, Olivino Custódio e Eraldo Teodoro de Oliveira.

A Comenda 10 de Outubro é a mais importante honraria oficial outorgada pelo Município a entidades que prestam serviços a coletividade. A sessão solene foi presidida pelo vereador Luiz Alfredo e contou também com a presença dos vereadores Olivino Custódio, Nelita Piacentini, Edson Battilani e Sidnei Jardim.

Emater
A origem da Emater está na metade da década de 50 do século passado, quando surgiu o Escritório Técnico de Agricultura (ETA), com propósitos e métodos espelhados no sistema de extensão implantado nos Estados Unidos. Eram 11 escritórios espalhados pelo estado. Foram os primeiros contatos dos agricultores paranaenses e suas famílias com extensionistas, que faziam perguntas, percorriam as lavouras, olhavam as criações, analisavam as condições de vida. Tomavam nota de tudo e levavam informações e novidades sobre as formas de produção, saneamento, alimentação, entre outras.

Em 1959 o ETA foi substituído pela Associação de Crédito e Assistência Rural do Paraná (Acarpa). Às atividades dos extensionistas foram incorporadas responsabilidades de orientação técnica aos tomadores de financiamentos. A Emater foi criada em 1977 para contribuir com os avanços da agricultura paranaense, mantendo-se na vanguarda da difusão de tecnologia para o meio rural. Também manteve-se atenta as conseqüências das mudanças junto as comunidades rurais mais pobres, aos efeitos no meio ambiente e aos impactos das mudanças nos pequenos municípios.

Nos anos 90, a Emater participou da formulação e implementação de programas para as regiões com baixa aptidão agrícola, com vistas à inclusão social e econômica das comunidades mais pobres.  Além de atividades de melhoria de renda, foram ampliadas as ações com a família, com as mulheres e com os jovens, incluindo ações de melhoria de renda, de habilidade e de saneamento básico.

Atualmente, o setor rural, os agricultores e o agronegócio têm novos desafios e demandas mais complexas. Por outro lado, a atividades de assistência técnica e extensão rural tem mais e novos atores: as prefeituras, as cooperativas, as OGN`s e as empresas.. A Emater incorporou mais um papel e mais responsabilidade não só para executar ações de assistência técnica, mas também o de apoiar e promover articulações harmônicas desses atores em prol do desenvolvimento do Paraná.



Postar um comentário

0 Comentários