AMP e MPE debatem ações de educação ambiental nos municípios do Paraná‏

                                                           Assessoria de Comunicação da AMP

A AMP (Associação dos Municípios do Paraná) e o Centro de Apoio Operacional às Promotorias de Proteção ao Meio Ambiente, órgão do Ministério Público do Paraná, iniciaram diálogo para difundir a educação ambiental entre os estudantes das escolas públicas municipais.

Inicialmente, a idéia é capacitar os professores e inserir a educação ambiental na grade curricular das escolas, envolvendo ainda as Secretarias Estaduais do Meio Ambiente e da Educação. O Centro de Apoio Operacional às Promotorias de Proteção ao Meio Ambiente já tem estudos e um projeto na área para levar a iniciativa a todo o Estado. Nas próximas reuniões entre a AMP e o MPE, com a participação da SEED e da SEMA, o grupo pretende dar sequência ao trabalho para ampliar sua atuação.

Consciência ecológica

O presidente da Associação dos Municípios do Paraná e prefeito de Assis Chateaubriand, Marcel Micheletto, explica que o objetivo da iniciativa é desenvolver uma consciência ecológica nas crianças para que elas aprendam a importância de proteger e respeitar o meio ambiente. "A idéia é trabalharmos para que a iniciativa atinja todos os alunos da rede pública”, comenta Micheletto, que participou de reunião para debater o tema com o coordenador do Saint Clair Honorato Santos (do Centro de Apoio Operacional às Promotorias de Proteção ao Meio Ambiente), ao lado do presidente do Conselho de Meio Ambiente da AMP e prefeito de Clevelândia, Álvaro Felipe Valério, da procuradora jurídica da Associação, Francine Frederico, e do advogado Jurandir Parzianello.

Valério já desenvolve um trabalho intenso na área. Ele criou a FAMA (Faculdade Municipal de Educação e Meio Ambiente), iniciativa inédita no Brasil que objetiva, basicamente, a formação de docentes voltados ao ensino de educação ambiental. "É um trabalho grandioso que estamos desenvolvendo. Nosso objetivo é que Clevelândia seja um pólo de desenvolvimento no campo de formação de professores na área ambiental”, explica o prefeito. A FAMA deve começar a operar até abril deste ano.

Compartilhe no Google+

Você e Região

Noticiando e informando com responsabilidade.

"Procure olhar com os olhos de sua alma e verás nas coisas simples grandes valores."
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário

Março
05 a 11 Farmácia Pague Menos
12 a 18 Farmácia Santa Clara
19 a 25 Farmácia Imperial
26 a 01 de Abr Farmácia Drogafarma

Abril
02 a 08 Farmácia São Marcos
09 a 15 Farmácia Pague Menos
16 a 22 Farmácia Santa Clara
23 a 29 Farmácia Imperial
30 a 06 de Maio Farmácia Drogafarma

Maio
07 a 13 Farmácia São Marcos
14 a 20 Farmácia Pague Menos
21 a 27 Farmácia Santa Clara
28 a 03 de Jun Farmácia Imperial
Junho
04 a 10 Farmácia Drogafarma
11 a 17 Farmácia São Marcos
18 a 24 Farmácia Pague Menos
25 a 01 de Jul Farmácia Santa Clara

Julho
02 a 08 farmacia imperial
09 a 15 farmacia drogafarma
16 a 22 farmacia sao marcos
23 a 29 farmacia pague menos
30 a 05 de Ago farmacia santa clara

Agosto
06 a 12 Farmácia Imperial
13 a 19 Farmácia Drogafarma
20 a 26 Farmácia São Marcos
27 a 02 de Set Farmácia Pague Menos
Setembro
03 a 09 Farmácia santa clara
10 a 16 Farmácia imperial
17 a 23 Farmácia drogafarma
24 a 30 Farmácia sao marcos
Outubro
01 a 07 Farmácia Pague Menos
08 a 14 Farmácia Santa Clara
15 a 21 Farmácia Imperial
22 a 28 Farmácia Drogafarma
29 a 04 de Nov Farmácia São Marcos
Novembro
05 a 11 Farmácia Pague Menos
12 a 18 Farmácia Santa Clara
19 a 25 Farmácia Imperial
26 a 02 de Dez Farmácia Drogafarma
Dezembro
03 a 09 Farmácia São Marcos
10 a 16 Farmácia Pague Menos
17 a 23 Farmácia Santa Clara
24 a 30 Farmácia Imperial

31 a 06 de janeiro de 2017 - Farmácia Drogafarma