ALUNOS DE AGRONOMIA REALIZAM VISITA TÉCNICA A PRODUTORES DE ROSAS EM ARARUNA

No dia 16 de Março os alunos do terceiro período do curso de Agronomia da Faculdade Terra realizaram visita técnica a uma propriedade familiar, produtora de rosas, no município de Araruna. A diversidade de cores atraiu os olhares atentos dos estudantes, no decorrer da visita os proprietários Toninho e Cida falaram um pouco sobre como iniciaram a atividade e explicaram aos alunos as etapas do processo produtivo, são cerca de dezessete variedades diferentes, garantindo produção o ano todo no Sítio Santa Emília.

O responsável local pelo Emater Darwin Caleff Ramos, acompanhou a visita, explicando para os alunos a necessidade da diversificação nas pequenas propriedades rurais e a importância da geração de renda, para que ocorra a sucessão familiar, sendo que na propriedade, além dos proprietários Toninho e Dona Cida, também trabalham o filho, a nora e a filha.  Além disso, o extensionista falou sobre a necessidade do investimento qualificado, uma vez que recentemente a família investiu em um cultivo protegido, com o objetivo de melhorar a qualidade do produto e reduzir a necessidade de aplicações de fungicida, já que no campo é alta a incidência de míldio.

No campo os alunos puderam verificar na prática diversos conceitos aprendidos na disciplina de fisiologia vegetal, principalmente relacionados ao movimento de água no sistema solo-planta-atmosfera. Na etapa de pós-colheita o professor Dr. Tiago Hachmann, que também e extensionista do Emater de Janiopolis, enfatizou a importância de se conhecer conceitos básicos de fisiologia vegetal para poder manejar o ambiente e garantir a qualidade e durabilidade das hastes, e a necessidade de se conhecer a pluralidade da agricultura paranaense, e enfatizou que há um grande mercado para a floricultura no estado, uma vez que boa parte das flores vem de outras regiões.

Os proprietários ressaltaram que quando resolveram investir na produção de rosas, contaram com incentivo do Emater e da fetaep e passaram a ter mais qualidade de vida, em seu depoimento, dona Cida afirmou que agora eles podem sair com mais tranquilidade e que frequentemente estão viajando para conhecer outros produtores e aprimorar as técnicas de produção, a comercialização ocorre nos municípios da região.

Fonte - Unidade local Emater de Araruna.