Após recuo do governo, sindicatos debatem possibilidade de encerramento da greve

Depois que o governo do Paraná sinalizou com a possibilidade em voltar atrás e retirar a emenda 43 do projeto que revogava a data­ base do funcionalismo público, sindicatos das categorias que já haviam aprovado a greve, como policiais civis, professores estaduais e docentes de universidades, devem debater a novidade nos próximos dias. 

O presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Paraná (APP­Sindicato), Hermes Leão, informou que o órgão vai discutir os resultados da reunião com o governo em uma assembleia convocada para o próximo sábado (22), em Curitiba. O local ainda não foi divulgado. A categoria está em greve desde a última segunda-feira (17) em boa parte do Paraná. 

O presidente do Sindicato dos Policiais Civis de Londrina (Sindipol), Michel Franco, não foi localizado pela reportagem para comentar o assunto. Investigadores paralisaram as atividades no Estado no começo da semana. Apenas serviços essenciais, como registro de flagrantes e presença em locais de homicídios, foram mantidos. A lavratura de boletins de ocorrência, por exemplo, permanece interrompida. O Sindicato dos Delegados de Polícia do Paraná (Sidepol­PR) emitiu nota apoiando o movimento. Uma possível adesão só será discutida na semana que vem. 

O diretor do Sindicato dos Servidores Públicos da Universidade Estadual de Londrina (Assuel), Adão Brasilino, informou que, apesar da proposta apresentada pelo governo estadual, a paralisação seguirá até a próxima segunda-feira (24), quando uma nova assembleia será convocada. "Recebemos a notícia da possível suspensão do encaminhamento do projeto por telefone." 

Segundo Brasilino, o final de semana será reservado para que o setor jurídico do sindicato analise a questão. Os encontros estão marcados pela manhã no auditório do Centro de Estudos Sociais Aplicados (CESA) e à tarde no Hospital Universitário (HU). 

Quem também concordou com a aprovação da greve por tempo indeterminado foram os professores da UEL. No entanto, o vice-presidente do Sindicato dos Professores do Ensino Superior Público Estadual de Londrina e Região (Sindiprol), Nilson Magnanin Filho, comentou que a noticia que veio após a reunião no Palácio Iguaçu pode afetar os rumos do movimento futuramente. O comando de greve da UEL se reuniu às 18h desta quinta-feira para deliberar sobre a questão. Por volta das 20h30, Nilson afirmou que outras reuniões serão realizadas na segunda (24) e terça-feira (25) antes de realizar uma nova assembleia na próxima quarta-feira.

"É preciso ouvir os professores antes de qualquer decisão e explicar para eles tudo o que está acontecendo. Nós vamos apresentar o novo cenário aos professores dos nove centro de estudos da universidade, discutir com eles, recolher suas opiniões e questões para levá­-las à assembleia de quarta, provavelmente no período da manhã", explica. 

Ele também confirmou que as assembleias de docentes da Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP) e da Universidade Estadual do Paraná (Unespar), programadas para a tarde desta quinta­-feira, podem sofrer alterações nas decisões finais.

Fonte: Bonde -  Via Rádio Educadora
Compartilhe no Google+

Você e Região

Noticiando e informando com responsabilidade.

"Procure olhar com os olhos de sua alma e verás nas coisas simples grandes valores."
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário

Março
05 a 11 Farmácia Pague Menos
12 a 18 Farmácia Santa Clara
19 a 25 Farmácia Imperial
26 a 01 de Abr Farmácia Drogafarma

Abril
02 a 08 Farmácia São Marcos
09 a 15 Farmácia Pague Menos
16 a 22 Farmácia Santa Clara
23 a 29 Farmácia Imperial
30 a 06 de Maio Farmácia Drogafarma

Maio
07 a 13 Farmácia São Marcos
14 a 20 Farmácia Pague Menos
21 a 27 Farmácia Santa Clara
28 a 03 de Jun Farmácia Imperial
Junho
04 a 10 Farmácia Drogafarma
11 a 17 Farmácia São Marcos
18 a 24 Farmácia Pague Menos
25 a 01 de Jul Farmácia Santa Clara

Julho
02 a 08 farmacia imperial
09 a 15 farmacia drogafarma
16 a 22 farmacia sao marcos
23 a 29 farmacia pague menos
30 a 05 de Ago farmacia santa clara

Agosto
06 a 12 Farmácia Imperial
13 a 19 Farmácia Drogafarma
20 a 26 Farmácia São Marcos
27 a 02 de Set Farmácia Pague Menos
Setembro
03 a 09 Farmácia santa clara
10 a 16 Farmácia imperial
17 a 23 Farmácia drogafarma
24 a 30 Farmácia sao marcos
Outubro
01 a 07 Farmácia Pague Menos
08 a 14 Farmácia Santa Clara
15 a 21 Farmácia Imperial
22 a 28 Farmácia Drogafarma
29 a 04 de Nov Farmácia São Marcos
Novembro
05 a 11 Farmácia Pague Menos
12 a 18 Farmácia Santa Clara
19 a 25 Farmácia Imperial
26 a 02 de Dez Farmácia Drogafarma
Dezembro
03 a 09 Farmácia São Marcos
10 a 16 Farmácia Pague Menos
17 a 23 Farmácia Santa Clara
24 a 30 Farmácia Imperial

31 a 06 de janeiro de 2017 - Farmácia Drogafarma