Últimas Notícias

Convenção aprova pré-candidatura de Orlando da Fonseca a prefeito de Roncador



          No último sábado (23), no Rotary Club de Roncador,  o PSD aprovou durante convenção do grupo a pré candidatura do produtor rural, Orlando da Fonseca, a prefeitura para as eleições deste ano. Ficou definido como seu vice o advogado Paulo Geovanny da Silva (PMDB), filho da ex-vice-prefeita Maria Santina denominado de “Juntos Somos Mais Fortes”.

         A coligação reuni os partidos do PSD, PSB, PPS, PMDB, PR e PSC, existe a possibilidade de o PPL integrar ao grupo.

         Na proporcional, o grupo lançará pelo menos 36 candidatos a vereadores, dos quais quatro atuais vereadores que fazem parte concorrerão a reeleição, sendo eles: Ronaldo Adriano Pereira dos Santos (PSB), Messias Kalinoski (PSD), Esmael dos Santos Velozo (PPS) e Pedro Ferreira de Castro (PSD). “Vamos agora ouvir as necessidades dos moradores para contemplar o nosso plano de governo", destacou Orlando.

             Apesar de nunca ter participado diretamente da política no município nem mesmo ocupado cargos políticos, o produtor é conhecido na cidade pelo envolvimento com a comunidade. Ele já foi presidente da Associação de Moradores e atualmente preside a Paróquia São Pedro. O pré-candidato diz que resolveu colocar o nome na disputa após várias reuniões e o consenso do seu grupo político. “Aceitei este desafio por acreditar que Roncador pode ser uma cidade melhor”, disse.

         Orlando chegou em Roncador no ano de 1991 e disse que conhece bem os problemas do município, pelo seu envolvimento na agricultura seus projetos serão direcionados em grande parte para o fortalecimento do agronegócio do município. Ele citou como exemplo o setor avícola, desde que foi implantado há mais de oito anos e que elevou significativamente a receita do município, lembrou ainda que o município é formado por pequenas propriedades e que a atividade leiteira é um dos caminhos para manter o homem no campo. Fonseca disse acreditar que o município tem potencial de crescimento e que, se houver união política em prol da cidade, “Tem tudo para dar certo”, conclui. 

Com informações de: Walter Pereira/Tribuna

Postar um comentário

0 Comentários