Mamborê receberá usina que gera energia com eliminação de lixo

Uma empresa italiana com tecnologia de plasma para gerar energia tem interesse de instalar usina no município de Mamborê, localizado na região da COMCAM.

Para viabilizar tal empreendimento, o deputado estadual e secretário do Esporte e Turismo, Douglas Fabricio, marcou audiência com o secretário de Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Ricardo Soavinski, e equipe técnica. Participaram do encontro, também, o prefeito de Mamborê, Nei Calori, e representantes do grupo italiano Gallarati para demonstrar que a atividade gera empregos sem produzir poluição e elimina todo o lixo dos municípios da região. A proposta já foi apresentada em audiência pública no município a vereadores e empresários.


“Será um investimento de 90 milhões de euros em uma usina de alta tecnologia que com a incineração do lixo de 25 municípios produzirá energia. Não polui e faz a destinação correta do lixo”, argumenta o prefeito Nei Calori que esteve na Itália para conferir.  Segundo ele, o município vai entrar no projeto com um terreno de cinco hectares, localizado nas margens da BR 369. A expectativa é de que a usina processe de 100 a 150 toneladas de lixo e gere 40 empregos diretos.

“A possibilidade de instalação desta empresa em Mamborê é o resultado do efetivo trabalho do prefeito Nei Calori, preocupado com a geração de empregos no município, bem como os cuidados com o meio ambiente. Nosso papel é representar a região junto ao estado”, afirma o deputado Douglas Fabricio.


O secretário do Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Ricardo Soavinski, tomou conhecimento da proposta com entusiasmo. Ele argumentou que o Instituto Ambiental do Paraná vai analisar o empreendimento e destacou a necessidade das certificações junto ao IAP.

Além de Mamborê, a Gallarati tem a intenção de viabilizar seu empreendimento em mais oito munícipios brasileiros. Segundo o engenheiro italiano Marco Bassetto, a empresa já tem 26 usinas em 08 países da Europa. Os executivos destacaram que a maioria dos tipos de lixo pode ser utilizada no processo de produção, inclusive hospitalares. O município deixaria de se preocupar com o aterro sanitário e se dedicaria somente a fornecer o lixo. O material coletado vai para uma câmara com temperatura de 1.500 graus Celsius, sendo eliminado e gerando energia.
Compartilhe no Google+

Você e Região

Noticiando e informando com responsabilidade.

"Procure olhar com os olhos de sua alma e verás nas coisas simples grandes valores."
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário

Março
05 a 11 Farmácia Pague Menos
12 a 18 Farmácia Santa Clara
19 a 25 Farmácia Imperial
26 a 01 de Abr Farmácia Drogafarma

Abril
02 a 08 Farmácia São Marcos
09 a 15 Farmácia Pague Menos
16 a 22 Farmácia Santa Clara
23 a 29 Farmácia Imperial
30 a 06 de Maio Farmácia Drogafarma

Maio
07 a 13 Farmácia São Marcos
14 a 20 Farmácia Pague Menos
21 a 27 Farmácia Santa Clara
28 a 03 de Jun Farmácia Imperial
Junho
04 a 10 Farmácia Drogafarma
11 a 17 Farmácia São Marcos
18 a 24 Farmácia Pague Menos
25 a 01 de Jul Farmácia Santa Clara

Julho
02 a 08 farmacia imperial
09 a 15 farmacia drogafarma
16 a 22 farmacia sao marcos
23 a 29 farmacia pague menos
30 a 05 de Ago farmacia santa clara

Agosto
06 a 12 Farmácia Imperial
13 a 19 Farmácia Drogafarma
20 a 26 Farmácia São Marcos
27 a 02 de Set Farmácia Pague Menos
Setembro
03 a 09 Farmácia santa clara
10 a 16 Farmácia imperial
17 a 23 Farmácia drogafarma
24 a 30 Farmácia sao marcos
Outubro
01 a 07 Farmácia Pague Menos
08 a 14 Farmácia Santa Clara
15 a 21 Farmácia Imperial
22 a 28 Farmácia Drogafarma
29 a 04 de Nov Farmácia São Marcos
Novembro
05 a 11 Farmácia Pague Menos
12 a 18 Farmácia Santa Clara
19 a 25 Farmácia Imperial
26 a 02 de Dez Farmácia Drogafarma
Dezembro
03 a 09 Farmácia São Marcos
10 a 16 Farmácia Pague Menos
17 a 23 Farmácia Santa Clara
24 a 30 Farmácia Imperial

31 a 06 de janeiro de 2017 - Farmácia Drogafarma